Etiquetas

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

UNIÃO DESPORTIVA E CULTURAL DE GONDAR EM RETROSPETIVA

Visitado o Museu Rural, descemos a Rua do Rio em direção à UDCG.



A União Desportiva e Cultural de Gondar foi fundada a 1 de Janeiro de 1980



 Ao fundo, visualizamos o Lugar do Rio.

 Percorrido o Caminho do Barbeito, entramos na Rua do Campo de Jogos.
 Antes, bebemos um pouco de água no Fontanário de Valinhas, que data de 1982
 Iniciamos a subida
 Parque superior 
Numa fase inicial, os jovens Gondarenses mostravam os seus dotes futebolísticos no lugar de Palmazões, mas este não possuía condições que correspondessem às ambições desses valorosos e ambiciosos jovens.

Desta forma, iniciou-se assim, o processo de procura de um lugar digno e definitivo para a prática do futebol em Gondar.

Em volta deste projeto criou-se uma certa indignação. Apesar da satisfação com algumas infraestruturas levadas a cabo pela Câmara e Junta da Freguesia, fez-se da obtenção de um campo de futebol a principal luta política aquando das segundas eleições autárquicas, em Dezembro de 1979 e, desde logo, várias personalidades da freguesia e do concelho meteram mãos à obra. Colheram-se informações acerca de possíveis locais para a sua construção e falou-se com a D.ª Luísa Vasconcelos e seu irmão, Sr. António Vasconcelos. Como apanágio das gentes de Gondar, logo disponibilizaram o terreno, onde atualmente esta edificado o campo de jogos, reafirmando o gosto que tinham em oferece-lo á freguesia e, principalmente, aos Gondarenses.


 As vistas para Vilela

Após a resolução de alguns problemas burocráticos, os trabalhos de construção do campo de futebol terminaram e ultrapassada toda a ânsia da construção, reconhecimento e vitória, o Sr. José Monteiro é assim eleito o primeiro presidente da União Desportiva e Cultural de Gondar.


 Local onde funciona, atualmente, um bar, mas que em outros tempos foi o palco da Festa do Emigrante. Aqui passaram nomes como: Quim Barreiros, Ágata e até Tony Carreira. 



 E foi aqui que podemos dizer que esta grande ambição da população de Gondar tornou-se numa realidade tendo-se mantido como propriedade do município até aos dias de hoje.
Esta associação, é denominada de União para transmitir a saudável competição existente entre os vários lugares da Freguesia, e entre as Freguesias de Amarante, e para mostrar que a Freguesia é um TODO e não a Soma de Partes.
Desta forma, a União Desportiva e Cultural de Gondar foi criada para unir as pessoas através do desporto e da cultura na Freguesia e, acima de tudo, para a Freguesia.
Junto ao campo foi criada uma suenga, para cozer as peças em barro. 

 





Recuamos às fotografias de arquivo para recordar bons momentos, que esta União proporcionou a todos os gondarenses...


 O Dia da Árvore era um dia que a UDCG assinalava todos os anos com as três escolas da freguesia: Vila-Seca, Ovelhinha e Chedas, bem como com o Infantário.





 As famosas Marchas de Gondar
 As participações e co-organização do Desfile de Carnaval
 À esquerda, Alberto Rocha e, à direita, António Soares Ribeiro. Duas personalidades que muito ajudar a edificar esta Associação, promovendo vários eventos culturais. 


Vários troféus ganhos.

Sem comentários:

Enviar um comentário