Etiquetas

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

DIVINDADES ASTECAS

CATARINA DINIS
Desde há algum tempo que descobri o encanto pela cultura mexicana, e mesmo antes de lá ter vivido, sempre fui uma entusiasta da sua cultura, história, etc… 
O México é um dos pais do Mundo que a nível cultural nos prende, Não podemos esquecer a sua mistura desde os tempos pré-hispânicos e do período colonial até aos mais modernos. Além do mais é também “ forjado” pelos 52 povos indígenas sucessores das sociedades pré- hispânicas.
Assim descobrimos as avançadas culturas mesoamericanas pré- colombianas tais como: Olmeca, Teotihuacan, Maia, HUasteca, Tolteca e Mexica (ou Azteca).
E Esta ultima é a que mais me cativa pelas suas histórias e lendas.
Conta-se que este povo tinha uma mitologia riquíssima, além do mais os astecas incorporavam á sua religião divindades dos povos que conquistavam e acreditavam em mais de um deus e em elementos naturais como a água, a terra, o fogo, o vento, a lua, o sol… 
Os Astecas perseguidos pelo soberano de Culhuacan, deambulavam pelo território pantanoso, até que um dos seus sacerdotes viu uma águia pousada em um cacto devorando uma serpente. Era o sinal que deveriam estabelecer ali … e assim naquele largo pântano, os astecas construíram a sua capital Tenochtitlán.(1325)
Na verdade esta lenda esta “ desenhada” na bandeira atual do México que tem a imagem de uma águia a comer a serpente em cima de um cacto em representação do antigo império Asteca.
A mitologia Asteca era povoada por deuses e deusas, para as quais era habito os rituais de sacrifícios humanos e ou de animais e estavam diretamente ligadas ás forças da natureza e os sentimentos humanos.
Destaco daqui alguns deles…

Quetzalcoatl : “Passáro serpente” o , a “ serpente emplumada, Símbolo de vida, vegetação, alimentos e na força espiritual; também representava o planeta Vênus;
Huitzilopochtli: deus da Guerra e padroeiro da cidade de Tenochtitlán;

Tlaloc: o deus da chuva e que tinha o poder dos trovões também representava algumas doenças;
Xiuhtecuhtli: deus do fogo e do calor;
XipeTotec: deus da fertilidade;
Atlacoya: deusa da seca;
Centeotl: deus do milho;
Xochipilti: deusa do amor, das danças e das flores;
Tezcatlipoca: criador do mundo e das estrelas e da lua. Senhor da morte, era muito temido pelos Astecas;
Mixcoatl: ou “serpente enevoada” deus da caça e relacionado com as estrelas e o paraíso;
Tonatiun-:O Sol;
Metztli:A lua, deus, deusa da noite dos fazendeiros. É considerado como um deus de baixo escalão pois falhou em se sacrificar para se tornar um sol e acabou-se tornando uma Lua;
Tlaltecuhtli: Deusa da Terra;
Ehecatl: O vento, diz a lenda que o seu sopro trouxe o sol empurrou a chuva. Apaixonou-se por uma mulher e fez com que todos os humanos pudessem amar. É simbolizado por uma bela árvores que esta localizada no lugar que ele chegou a terra;
Ometeotl: Deus criador que era hermafrodita;
Tonantzin/ Coatlicue: a Mãe dos deuses, relacionada com a fertilidade e guardiã das mulheres que morriam no parto;
Mictlantecuatli: governador do inferno;
Xolotl: deus do fogo e da má sorte;
Xochiquetzal: deusa do prazer, da paixão e do sexo.

E ainda existe uma lista de outros deuses que com toda a certeza vos deixaria surpreendidos…
Obrigado pela viagem e aventura por terras Aztecas… 

Boas leituras!

Sem comentários:

Enviar um comentário