Etiquetas

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

SEGURANÇA E JUSTIÇA, POR LURDES RIBEIRO

Lurdes Ribeiro, Candidata PCP à CMA


A Guarda Nacional Republicana aguarda por novas instalações há cerca de 18 anos:
Qualquer candidato à Camara Municipal de Amarante terá esse objetivo, até porque é algo que é tão preciso como pão para a boca, a GNR encontra-se em instalações muito más. Mas como se sabe, não é algo que só depende da Câmara e para isso terá que ser feito em parceria com o Governo. Abarcará picadeiro, por exemplo? O que defendemos é que terá que ter todas as condições necessárias para um bom desempenho da nossa força de segurança e com a dignidade que ela merece.

Este ano um outro jovem perdeu a vida numa das praias fluviais de Amarante. Alargamento da vigilância no Rio Tâmega:
Não é fácil, até porque são muitos quilómetros mas pelo menos nos sítios mais frequentados há necessidade de ter alguém a vigiar essas “praias”, porque não contratar jovens estudantes e com conhecimentos de nadador/salvador?

O novo mapa judicial veio retirar algumas valências ao recente reformulado Tribunal de Amarante, deslocalizadas para Penafiel e Paredes:
Não podemos permitir que mais uma valência vá embora, teremos que ter uma postura de pressão com a administração central e de luta envolvendo a população para que não nos aconteça o mesmo como com a maternidade, a linha do Tâmega e tantas outras coisas.

Com a fusão de freguesias, o que vê de bom e mau nesse processo? Considera que o mesmo será irreversível no panorama político atual?

Sinceramente, não vemos nada de bom, vimos é o enfraquecimento do poder local, pelo qual tanto se lutou, o afastamento dos serviços das populações e em muitos casos o despedimento de trabalhadores autárquicos. Esperemos que o panorama politico rapidamente deixe de ser este e tudo faremos para que as mais de 1000 freguesias que desapareceram voltem.

Sem comentários:

Enviar um comentário