Etiquetas

terça-feira, 10 de setembro de 2013

A QUESTÃO DA EDUCAÇÃO, POR PEDRO BARROS

Pedro Barros, candidato independente à CMA

O financiamento das atividades extracurriculares para o 1.º ciclo do ensino básico deve ser assegurado pela C.M.A:
O princípio está correto. Tudo o que for investido em educação será uma medida acertada. Qualquer investimento terá que apresentar resultados e os respetivos programas serem acompanhados e avaliados.

Há crianças a fazer uma única refeição por dia, o almoço na escola:
Acho que qualquer cidadão deve sentir vergonha em viver numa terra onde haja fome. Quando há fome, não há garantia do essencial para a dignidade humana, e os cidadãos não serão livres. Sei que muito está a ser feito por diversas instituições do concelho para atenuar este flagelo. Tudo farei, mas mesmo tudo, para que haja uma resposta urgente, coletiva e solidária, para as situações de fome no concelho.

O sistema de rede de A.T.L´s (atividades dos tempos livres) pelo concelho de Amarante:
Tudo o que podermos fazer pela juventude será sempre um excelente investimento e uma forma de criar laços dos jovens com a sua terra. Iremos investir, em conjunto com as Juntas de Freguesias e as Associações e demais instituições do concelho, na criação de condições adequadas para que os jovens possam ocupar os seus tempos livres da forma mais proveitosa para a sua formação como pessoas.


O Instituto Politécnico do Porto, antes de contactar a autarquia de Felgueiras, no sentido de promover a instalação do seu novo polo universitário, dirigiu a proposta à CMA.
A possibilidade de se trazer o ensino superior para Amarante:
São conhecidos alguns bons exemplos de cidades que se transformaram e se desenvolveram por via da instalação do ensino superior. Poderíamos referir, entre outras, Vila Real, Bragança, Covilhã, Évora ou Santarém. Foi pena. Como foi pena a situação do IPP que contribuiu bastante para uma melhoria significativa da imagem e vivência diária de Felgueiras. Não entendo que a situação seja definitiva quando à impossibilidade de trazer o ensino superior para Amarante. Temos que trabalhar, estar atentos às oportunidades que irão surgir. É verdade que há menos população, menos alunos, universidades que fecham polos e cursos. Mas não podemos desistir. Estou confiante que poderemos ter acesso a uma boa surpresa num destes dias.  

Continuidade do Projeto «Voluntariado Jovem»:

Todos os processos de voluntariado são positivos. Representam, antes de mais, uma assunção das responsabilidades de cada um perante a sociedade em que vivemos, representa uma educação sólida, princípios e valores, e uma consciência de cidadania.  

Sem comentários:

Enviar um comentário