Etiquetas

terça-feira, 25 de junho de 2013

PROFESSORES TERMINAM GREVE ÀS AVALIAÇÕES



O secretário-geral da Fenprof anunciou, esta terça-feira, o fim da greve de professores às avaliações, apesar de o processo negocial com o Ministério da Educação ter sido concluído «sem acordo ou entendimento».
A partir de sexta-feira, uma vez que hoje é dia do exame nacional de Matemática e para quinta está marcada a greve geral, «as escolas regressam às avaliações», especificou Mário Nogueira, à saída do Ministério, no final do segundo dia de negociações.
Mário Nogueira explicou que «não seria possível um acordo quando se prevê o aumento do horário de trabalho para 40 horas e a aplicação da mobilidade especial».
A Fenprof anunciou, por isso, que «vai pedir a fiscalização destas duas medidas» e na qual assenta, sobretudo, a greve dos professores às avaliações.
As negociações terminam, também, com a elaboração de uma ata e depois de ter sido possível «sentar o Ministério à mesa das negociações».
«Se forem aprovadas na Assembleia da República estas medidas do horário do trabalho e da mobilidade, o produto desta negociação traduz-se num conjunto de salvaguardas que atenuam a vida dos professores, dos alunos e das escolas», contou Mário Nogueira.

Sem comentários:

Enviar um comentário