Etiquetas

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Professores: sindicatos intransigentes. Hoje é o dia D. Resta saber, se D de decisão ou D de desilusão. Cá esperamos os resultados.


O Ministério da Educação reúne-se, esta quinta-feira, pela primeira vez, com todos os representantes sindicais ao mesmo tempo. À chegada os representantes dos sindicatos mostraram-se intransigentes em algumas condições.
Educação: Ministério reúne todos os sindicatos
Os encontros começaram pouco depois das 10h e «vão durar o tempo que for preciso até que o ministério da Educação admita que os professores com "bom" cheguem ao topo da carreira em tempo útil, ou seja, antes de se aposentarem», afirmou Mário Nogueira à chegada.
E se o ministério não aceitar a condição? Perguntaram os jornalistas. O Secretário-geral da Fenprf garantiu que assim «não há acordo». «Somos todos amigos, mas a reunião acaba. Só não saimos logo porque somos pessoas educadas», concluiu.
Também João Dias da Silva, da FNE afirmou aos jornalistas que a garantia do topo da carreira para todos os docentes com bom é inegociável. «Desejamos contribuir de forma significativa para que os professores possam ter uma nova carreira valorizadora e mobilizadora», declarou o sindicalista.
«Queremos a garantia de que todos os docentes classificados com "bom" possam chegar em tempo útil ao topo da carreira», acrescentou. E uma recusa do ministério da educação é uma cenário que João Dias da Silva «não quer admitir».

Sem comentários:

Enviar um comentário