Etiquetas

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Mundial 2010: Portugal vai defrontar o Brasil. Um dia Portugal colonizou o Brasil...e...


Este foi o dia zero do Mundial 2010. A bola ainda não rolou (a não ser as do sorteio), mas as primeiras emoções surgiram à medida que era conhecida a composição dos grupos. Portugal não terá vida fácil, uma vez que defronta o Brasil, a Costa do Marfim e a Costa do Marfim.
Definido o
calendário, ficamos a saber que Portugal evita jogos em altitude, nesta primeira fase. Port Elizabeth recebe o primeiro jogo da equipa das quinas, frente à Costa do Marfim, a 15 de Junho. O reencontro com a Coreia do Norte será na Cidade do Cabo, no dia 21. O jogo com o Brasil está marcado para Durban, a 25 de Junho.
Se conseguir o apuramento para os oitavos-de-final, Portugal
defronta uma equipa do Grupo H, do qual fazem parte a Espanha, Suíça, Honduras e Chile.
As reacções ao sorteio não tardaram. Carlos Queiroz
diz que o primeiro jogo, frente à Costa do Marfim, será decisivo. Dunga, o seleccionador brasileiro, não quer deslumbramento por causa da goleada a Portugal em 2008. O seleccionador da Costa do Marfim atribui o favoritimo a Brasil e Portugal.
Para Liedson o sorteio
foi especial, dado que vai defrontar o seu país natal. Moutinho, Rui Patrício e Hugo Almeida também analisaram as hipóteses lusas.

7 comentários:

  1. Uma tarefa que não se afigura fácil. Vamos lá ver. Espero que o sofrimento não seja grande.

    ResponderEliminar
  2. Prego no chão.
    Pede rapagão.
    No chão?
    Inquire garçon.
    No chão, sim, pra meu cão.
    Insiste rapagão.

    Com palavrão se entretém solidão de cão.

    ResponderEliminar
  3. ainda assim e quando jpp alardeia para aqui argentina de iminência, lembro quanto me disse amiga cristã quanto católica companheira de oração do r c c que um tal de pe azevedo de paróquia dos mártires em lisboa pede a todos e cada um dos seus fieis que abram mapa de portugal ao menos em espírito e rezem um terço por portugal... dies irae! In:
    http://portugaldospequeninos.blogspot.com/2009/12/o-curso-incessante-do-pior.html

    ResponderEliminar
  4. Sempre com as suas palavras certas!
    Angelo, vamos ao Mundial, vamos viver a nossa cultura!

    ResponderEliminar
  5. Restaurante:
    Prego no chão pede rapagão.
    No chão? Pasma o garção.
    Sim, no chão,
    que para meu cão.
    (Com ronha de palavrão
    entretêm fome de cão.)

    ResponderEliminar
  6. Lembra, Anabela, da canção com letra do Manuel da Fonseca,
    «Tejo que levas as águas,
    leva as águas para o mar,
    lava a cidade de mágoas,
    leva as águas para o mar...»
    Não é bem assim, cito de cor.
    «Dos comedores de dinheiro...
    da ganância que nos cansa.»
    Não era bem isto que o Adriano, nome de pai meu, cantava, Correia de Oliveira, nome de poeta «fascista...»
    de antigamente.
    Só para nos desenganarmos colega Anabela que nem dilúvio lava este «pivete» de nojo hiante que nos servem de refeição!
    Isto, amiga, só se por «milagre de sol...»
    in
    http://anabelapmatias.blogspot.com/2009/12/dialogo-e-anti-dialogo.html

    ResponderEliminar