Etiquetas

sexta-feira, 10 de julho de 2009

INSÓLITO: Salário pago com 333 moedas de 1 euro e uma de 5 cêntimos!

A única delegada sindical de uma fábrica de confecções em Famalicão recebeu o salário de Junho em moedas. Foram 333 moedas de 1 euro e uma de 5 cêntimos para contar e confirmar se o pagamento estava certo.
A operária da Fersoni foi despedida em Janeiro de 2007, após dois processos disciplinares. Em Abril de 2008 foi reintegrada depois de o Tribunal de Trabalho de Famalicão ter declarado o despedimento ilícito.
«Desde que voltei à fábrica, tenho tido muitos problemas como, por exemplo, a colocação de comunicados nos quadros de avisos a dizer mal de mim», afirmou a dirigente sindical em declarações à agência «Lusa».
Ao final da tarde de quinta-feira, Fátima Coelho foi chamada ao Departamento de Recursos Humanos para receber o ordenado referente ao mês de Junho e esteve «30 minutos a contar moedas». «Tinha um saco de moedas à minha espera e quando perguntei o que era disseram-me que o salário estava a ser pago em dinheiro porque eu não tinha conta no mesmo banco que a empresa», frisou a delegada do Sindicato Têxtil do Minho e Trás-os-Montes.
A Agência Lusa tentou obter uma reacção da administração da empresa, mas sem sucesso. «A empresa esteve muitos anos sem ter operárias sindicalizadas e agora tenta, por todos os meios, castigar a delegada sindical», finalizou Fátima Coelho.

Sem comentários:

Enviar um comentário