Etiquetas

sábado, 4 de julho de 2009

CRÓNICA DAS ESTRELAS: OS BASTIDORES DE JÚLIA PINHEIRO

Em mais uma crónica das estrelas, mostramos o que está por detrás dos bastidores de Júlia Pinheiro. A sua história de vida em «Conversa Indiscreta» com apresentação de Alexandra Lencastre no TVI 24.
A entrevista começa com uma questão retórica levantada pela apresentadora das Tardes Da Júlia, «quem inventou o príncipe encantado, há muito s
apo»! Afirma ter beijado alguns, que não passaram de batráquios. Paulo Jorge, foi a quem deu o seu primeiro beijo, com 5 anos na pré – primária. Explica, esta sua oposição à ideia de haver um príncipe encantado, ou seja, todas as características de um homem alto, cavalheiro, simpático, olhos azuis, cabelo loiro, não passam de mera ilusão.
Na sua adolescência era muito gregária, um grupo de amigas que levava tudo para a frente. O tempo tirou-lhe algumas características, era mais insuportável e mais alegre, «era a garrafa de champanhe sempre a borbulhar». Agora porta-se bem, returque a apresentadora.
25 de Abril? «Estava a acontecer uma festa e eu não fui convidada». Sempre distante dos partidos. «Não tive a bebedeira do 25 de Abril».
Filha única, o pa
i mais conservador do que a mãe, não saiu à noite até aos 18 anos. O único senão que aponta aos pais é não lhe terem dado um irmão, pois não tinha sobre quem exercer «violência, dar uns bons tabefes.» Acha-se a emanação da mãe, que foi uma empresária, sempre activa, que levou em diante a ideia que não se deve depender do marido. Na adolescência as mulheres da casa «faziam panelinha» contra o pai, que sempre se manifestou contra os namorados da Júlia.
Casou-se com o vestido da mãe aos 23 anos. O Henriques Mendes foi uma espécie de padrinho para a Júlia e para Rui. Juntos há 25 anos, com 3 filhos do casal e um do Rui de outro relacionamento.
Afirma, que os filhos têm personalidade muito distinta e não concorda nos passos dados pelo filho mais velho.
Para ela cozinhar é terapêutico. «Gostam muito dos cozinhados,
mas a Judite, a empregada dá uma valente ajuda», afirma a senhora da comunicação.
Sente-se um autêntico «chinelo velho, cheio de borboto», quando chega a casa depois de um cansativo dia de trabalho.
O C.P.G recorda assim, algumas das características da apresentadora mais badalada da televisão Portuguesa, de seu nome, Júlia Pinheiro.

FILHO DE JÚLIA PINHEIRO, À DIREITA NO VÍDEO.

Sem comentários:

Enviar um comentário